Villa Country realiza 6º Festival Sertanejo com João Bosco & Vinicius, Carlos & Jader e João Marcelo & Juliano , dia 19 de novembro‏

ImageProxy

Idealizado pela Villa Country, a maior casa sertaneja da América Latina, o Festival Sertanejo chega a sua sexta edição. Sucesso de público e crítica, o evento que reúne shows de vários nomes da música sertaneja em uma única noite terá no dia 19 de novembro (quinta-feira) a presença de João Bosco & Vinícius, João Marcelo & Juliano e Carlos & Jader no palco principal, além de mais de dez atrações distribuidas nos demais palcos da casa.

Considerados precursores do sertanejo universitário e colecionadores de sucessos como “Chora me Liga”, “Curtição”, “Sufoco” e “Chuva”, João Bosco & Vinícius já somam 20 anos de carreira. Em ótima fase da carreira, os amigos que começaram a cantar ainda crianças apresentam ao público da Villa Country as canções do novo trabalho “Estrada de Chão”. O disco é um apanhado de clássicos da música sertaneja que fizeram parte do repertório dos artistas na época em que eles cantavam em bares. Para dar gosto especial ao CD, cada uma das canções ganhou a parceria de seus intérpretes originais. Na lista estão Zezé di Camargo & Luciano em “Me Leva Pra Casa”, atual música de trabalho de João e Vinícius, Chitãozinho & Xororó (“Será que eu Sou”), Rionegro & Solimões (“Trem Bão”), entre outros. É claro que não faltarão as canções que estão na boca do povo.

E a noite continua o repertório diversificado de João Marcelo & Juliano e Carlos & Jader. Formada em Presidente Prudente, no interior paulista, a dupla João Marcelo & Juliano se destaca no mercado da música sertaneja por suas composições próprias. É o caso, por exemplo de “Química” e “Sofrendo por Amor”, ambas gravadas por João Bosco e Vinícius. Os amigos ainda acumulam hits como “Grazadeus” (com Bruninho & Davi), “Desacerto do Coração” (com Israel & Rodolffo) e “Tá de Sacanagem” (com Pedro Paulo & Alex).

Carlos & Jader prometem levar para o palco da Villa Country toda a irreverencia e alto astral da música sertaneja. Nascidos no Acre, os irmãos ganharam o Brasil com o hit “Sou Foda”, um funknejo que retrata uma brincadeira amorosa e, em 14 anos de estrada, já gravaram seis CDs e quatro DVDs. Na lista de sucessos, que farão parte do Festival Sertanejo, estão “Cala Boca e Me Beija”, “E Daí?”, “Sonho de Amor”, além de “Sou Foda'”.
 
 
Sobre a Villa Country: 
A casa mais sertaneja do Brasil comemorou 13 anos no dia 16 de julho de 2015. Com projeto visionário, a Villa Country abriu suas portas em 2002, apostando no crescimento do gênero junto ao público jovem. Pioneira, tornou-se referência e, seguramente, contribuiu para que a música sertaneja se tornasse a potência que é nos dias atuais. Poucas casas noturnas alcançam vida tão longa e tão cheia de boas histórias, com shows inesquecíveis dos maiores artistas do segmento no país. Com público fidelizado, a Villa Country recebe semanalmente cerca de doze mil pessoas – em semana de apresentações de duplas e cantores conhecidos do grande público, esse número chega a dobrar.

A Villa Country é a maior e mais tradicional casa temática do Brasil, opção para quem quer curtir boa música sertaneja, que navega no country, sertanejo de raiz, moda de viola até o famoso sertanejo universitário, em um lugar de muita paquera e diversão. Sua fachada reproduz um cenário de filme de Velho Oeste. Em seu espaço, há ambientes como a Praça Sertaneja, Saloon, Praça Caipira e Praça do Cavalo, que dão charme ao local, com destaque para o Restaurante John Wayne, que além de trazer o sabor da comida texana, garante conforto para seus clientes que preferem um clima intimista.

São 12 mil m² divididos em casa de shows, restaurantes, pista de dança, mesas de bilhar, cachaçaria, loja de roupas, café, sete bares, camarotes, espaço para convenções e a rádio Villa Country FM, comprometida em tocar música de qualidade. A programação pode ser conferida pelo site www.villacountry.fm ou pelos aplicativos  nos sistemas Android eIOS dos celulares.

Sobre João Bosco e Vinícius:
Chega uma hora em que os artistas fazem um balanço das carreiras e revisitam lugares bons e conhecidos. No caso de João Bosco & Vinicius essa visita às origens tem um sabor especialíssimo, “João Bosco & Vinicius e seus ídolos – Estrada de Chão”, novo trabalho onde gravaram as músicas que moldaram suas carreiras com participação dos intérpretes originais.

Durante o processo de produção deste, a dupla precursora e das mais influentes do novo sertanejo revisitou os anos do circuito de bares, onde permaneceram por cerca de oito São as músicas que eles ouviam, adoravam e tocavam nos barzinhos, ainda na região pantaneira onde nasceram e surgiram para a música. Ou sejam, são standarts do gênero mais arraizado da música nacional onde dividem os vocais com seus intérpretes originais.

O respeito pela obra que desfilam em “Estrada de Chão” é tão grande que mantiveram o máximo dos arranjos originais. Claro que com pitadas dos ingredientes que os tornaram expoentes da nova safra sertaneja neste trabalho que resgata os 22 anos de carreira da dupla. Apesar de jovens eles já têm mais de duas décadas de palco e estúdio. Começaram, aliás, com 12 e 13 anos a cantar juntos. O trabalho, no entanto, abre com uma canção própria da dupla, “Tempo ao Tempo”, onde dão a carta de apresentação do que virá a seguir. E o que vem a seguir é simplesmente um dream team da canção do campo brasileira.

Começa com Zezé di Camargo e Luciano participando de “Me Leva Pra Casa”, emenda com Chitãozinho e Xororó em “Será Que Eu Sou”, Sérgio Reis e a música que dá título ao álbum, e segue com Bruno e Marrone em “Vida Pelo Avesso”. Tem ainda a participação de Leonardo em A Rotina (Fim de Semana)”.

Matogrosso e Mathias dividem os microfones em “Ponto de Chegada”, Cézar e Paulinho vão junto em “Você é Tudo que Pedi a Deus” e Rionegro e Solimões agraciam a clássica “Trem Bão”. Já Chico Rey e Paraná contribuem em “Em Algum Lugar do Passado”, Roberta Miranda faz o contraponto vocal doce de “Esperando Você Chegar”, Felipe e Falcão cravam “Hoje Não é Nosso Dia” e Marciano vai na toada de “As Paredes Azuis”. Depois da participação seguinte, que é a de Leonardo, há espaço para Alan e Alladin em “Liguei para Dizer que te Amo” e um fecho com chave dourada em mais duas originais, sem a presença de outros ídolos, “Morena Linda do Mato Grosso”, onde adulam as belezas da terra de origem, e “Amiga Linda”.

Com tantos componentes, o resumo do trabalho vem na frase de João Bosco sobre a expectativa com este “Estrada de Chão”: “Revisitar nossa carreira desde a origem com a participação das pessoas que foram responsáveis por essa é simplesmente a realização de um sonho”. É a melhor pista do quão bom é o trabalho.

Sobre João Marcelo & Juliano:

Para muitas duplas, as dificuldades encontradas até mesmo antes, durante e ao longo da carreira poderiam ser motivo de “Fim da linha” ou “Ponto final”. Mas, a “Química” entre João Marcelo & Juliano, só fizeram a dupla ganhar mais força e “Grazadeus”, depois de oito anos de estrada, “A festa começou”.

Formada em 2005, em Presidente Prudente/SP, João Marcelo & Juliano vêm conquistando o seu espaço no concorrido mercado sertanejo. Com um repertório bem diversificado, a dupla se destaca com composições próprias, também gravadas por outros artistas.

João Marcelo é um dos compositores da música “Sofrendo por amor” gravada por João Bosco & Vinícius em seus dois primeiros DVD´s. João Marcelo também é o compositor da música “Química”, gravada (novamente) por João Bosco & Vinícius no DVD “A Festa” em 2012, sendo a única canção romântica escolhida para fazer parte deste DVD.

Em 2012, João Marcelo & Juliano começaram uma nova e grande parceria em um novo escritório, com o empresário Moacir adidas, o que potencializou ainda mais a carreira da dupla. Esta nova parceria já rendeu frutos significativos como a gravação da linda canção “Desacerto do coração”, que contou com a participação de Israel & Rodolffo, e a música “Grazadeus” com participação de Bruninho & Davi.

Em 2013, João Marcelo & Juliano gravaram a música “Fim da linha” com participação da dupla João Bosco & Vinícius, além da canção “Tá de sacanagem” com Pedro Paulo & Alex. Outro importante marco da dupla foi a parceria com a gravadora Sony Music que será a responsável pela distribuição de todo o conteúdo digital do quinto CD “After” da carreira deles.

Com repertório bastante eclético que vai das modas de viola ao sertanejo romântico, sem deixar é claro as músicas agitadas, João Marcelo & Juliano são presença constante nas maiores festas e casas de shows pelo Brasil.

Sobre Carlos & Jader:
Um sertanejo moderno, recheado de irreverência e alto astral, essa é a receita do sucesso da dupla Carlos & Jader, que apresentou para todo o Brasil a canção “Sou Foda”, um “funknejo” que retrata uma brincadeira amorosa com muito humor.

Carlos & Jader é uma dupla sertaneja brasileira formada pelos irmãos Carlos Clemes Pinheiro Gadelha e Jader Fran Pinheiro Gadelha, nascidos em Rio Branco, Acre. A dupla começou a viajar pelo Brasil se apresentando musicalmente com a banda “Som Livre”, sendo Carlos o vocalista, e Jader assistente. Seu talento e carisma chamaram a atenção de um empresário, em um festival de música sertaneja em Porto Velho.

Foram convidados então a gravar um disco juntos em 2000, o primeiro da carreira como dupla. Mudaram-se para o berço do do sertanejo, Goiânia, e gravaram o CD “Eternidade”, já consagrando a música “Quem sabe amor sou eu”, de sua autoria.

Em 2006 decidem gravar um DVD ao vivo, cujo grande sucesso foi até tema de um casal no Big Brother: “Cala a Boca e me Beija”. A música estourou no Brasil inteiro e em todas as rádios, com seu refrão divertido. No total são 14 anos de estrada, 6 CDs e 4 DVDs, Carlos & Jader, através de seus hits de repercussão nacional, como:  “Ah Tá”, “Sou Foda”, Cala a Boca e me Beija”, “E daí”, “Sonho de Amor”, entre outra, são sucesso por todo o Brasil.

Serviço:
Show: 6º Festival Sertanejo Villa Country com João Bosco & Vinicius, Carlos & Jader e João Marcelo & Juliano
Data: 19 de novembro
Horário de Abertura da casa: 20h
Horário do Show: 0h30
Local: Villa Country (Av. Francisco Matarazzo, 774, Parque da Água Branca, São Paulo)
Censura: 18 anos
Capacidade: 8.000 pessoas
Acesso para deficientes: sim
Mais informações: http://www.villacountry.com.br | (11) 3868-5858
Ingressos:   On Line no site Ticket 360 https://goo.gl/S1Sjdy ou nas bilheterias da Villa Country (de segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos das 13h às 22h).
Preços: Pré-Venda (1°Lote) – pista R$60,00 e camarote Fervo R$110,00
Formas de Pagamento: Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.

Informações Complementares: Não é permitido a entrada de bermuda, camiseta regata, camisa ou boné de time de futebol, chinelo e menores de 18 anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s